Li e gostei...

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo."
(Fernando Pessoa)

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

O recomeço



Aprendi que nem sempre um amor é capaz de durar
Como o sol do amanhecer que se despede ao entardecer
Nada o impede de ser lindo enquando durar
Mas,quando tudo acabar e o sorriso se transformar em lágrimas
É preciso olhar para o céu e ver a beleza do crepúsculo
Um fim que anuncia um recomeço

Um comentário:

  1. é por isso que é tão guardado, o sentimento desejoso... belo blog

    ResponderExcluir